Porsche · Kit de imprensa digital
 
40 anos de experiência em tecnologia turbo no desporto automóvel e na produção em série
Na Porsche, as inovações e os desenvolvimentos que dão provas nas condições de competição mais severas acabam sempre por também chegar aos modelos de produção em série.

São sobretudo os ensaios no desporto automóvel que garantem o desempenho e durabilidade dos novos motores para os desportivos de produção em série. A Porsche conta já com mais de 40 anos de experiência no desenvolvimento de motores Boxer de seis cilindros sobrealimentados. Por exemplo, a turbocompressão com válvula de bypass só foi introduzida em 1972 no carro de competição 917/10, até ser implementada, dois anos mais tarde, em 1974, no primeiro 911 Turbo de produção em série. Da mesma forma, o 917/10 também serviu, em 1974, de cobaia para o sistema de refrigeração do ar da sobrealimentação. Esta tecnologia teve a sua estreia no 911 Turbo 3.3. Outros marcos no desenvolvimento dos motores turbo são a sobrealimentação por etapas com dois compressores ligados em série (pela primeira vez no superdesportivo 959), a sobrealimentação biturbo com dois compressores ligados em paralelo (pela primeira vez no 911 Turbo, modelo 993) e as válvulas de admissão ajustáveis (pela primeira vez no 911 Turbo, modelo 996).




26445